/ Notícias / Startup oferece orientação médica on-line sobre o coronavírus
Startup oferece orientação médica on-line sobre o coronavírus
25.03.2020 | 15:26 | #administracao #ciemsul
Startup oferece orientação médica on-line sobre o coronavírus

Frente à pandemia do coronavírus (Covid-19), a startup pelotense Fácil Consulta disponibiliza agendamento de consultas gratuitas com médicos e psicólogos para quem busca informações durante o período de quarentena. “Se a gente conseguir fazer com que mais pessoas fiquem em casa, tendo a orientação médica e psicológica que precisam, melhor”, comenta o diretor de marketing da empresa, Patrick Goulart. O serviço ocorre através de videoconferência e está disponível aqui.

A startup desenvolvida por dois egressos do curso de Administração da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e graduada pelo Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul) oferece, desde 2017, uma maior praticidade no agendamento de consultas médicas particulares. O processo é via aplicativo e garante um desconto de até 60% no valor das consultas. “Busca facilitar o acesso para pessoas que não possuem plano de saúde, pagando um preço que cabe no bolso, de R$ 100,00 a R$ 200,00”, explica.

Em três anos, a empresa apresentou um ritmo intenso de crescimento, consolidando-se em Pelotas e expandindo para outras cidades, como Santa Maria, Joinville, Londrina, Florianópolis, Caxias e Maringá. São mais de 25 mil cadastros de pacientes e mais de 17 mil consultas realizadas. Porém, o Covid-19 acabou por desacelerar essa progressão ascendente.  

Na última semana, a maior parte dos consultórios cancelaram suas agendas. Assim, Goulart percebeu que os médicos estavam com horários ociosos, e muitas pessoas seguiam com dúvidas sobre o coronavírus. “Esses profissionais poderiam orientar a população que apresenta algum sintoma de gripe ou suspeita de contágio do Covid-19, evitando ir ao pronto-atendimento ter contato com outras pessoas”, comenta.

Neste sentido, o Conselho Federal de Medicina (CFM) liberou, excepcionalmente durante à pandemia, a realização de consultas médicas on-line. "Tivemos uma grande recepção pelos profissionais da saúde, com a disponibilidade de horários para ajudar nesse serviço voluntário, principalmente pelo fato de estarmos vendo o que está acontecendo em vários lugares do mundo", diz o diretor de marketing.

Somou-se ao projeto, o aconselhamento psicológico para quem está cumprindo as medidas protetivas de isolamento social, porém ansioso com a disseminação da doença. “Deixamos claro que não é um atendimento médico, não é uma consulta, não é uma psicoterapia”, salienta Goulart.

Nos dois primeiros dias, a Fácil Consulta realizou mais de 20 agendamentos para orientação médica e acolhimento psicológico referente ao coronavírus. ”As pessoas realmente estão aflitas e com dúvidas a respeito deste assunto. Estamos conseguindo ajudar muitas pessoas e acredito que vamos ajudar mais ainda”, aposta. O serviço deverá permanecer disponível até o fim da quarentena.  

Redação: Max Cirne

Compartilhe:

Leia Mais
EU FAÇO
A UCPEL.
E VOCÊ?